Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 472

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 487

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 494

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 530

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/cache.php on line 103

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/query.php on line 21

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/theme.php on line 623
Cybele Meyer :: Falando Sobre... educação

Dia Temático dos Amigos da Escola foi um sucesso #TodospelaEducacao

Tags: ,

Neste dia 16 de abril aconteceu o primeiro Amigos da Escola de 2010. Foram aproximadamente 32 mil estudantes de 18 estados brasileiros que participaram com o tema “Minha escola, minha comunidade” onde pais, professores, voluntários e alunos, sintonizados pelo mesmo objetivo, desenvolveram inúmeras atividades esportivas, culturas e ecológicas. Esta parceria família/escola/comunidade é que forma o tripé de sustentação para uma educação de qualidade para todos.

Para quem ainda não conhece o

Amigos da Escola é o projeto da Rede Globo para o fortalecimento da educação e da escola pública de educação básica por meio do envolvimento de todos – profissionais da educação, alunos, familiares e comunidade – neste esforço. Estimula a participação de voluntários e entidades no desenvolvimento de ações educacionais – complementares, nunca em substituição às atividades curriculares ou à educação formal – e de cidadania em benefício dos alunos, da própria escola, dos profissionais e da comunidade. É implementado em parceria com o Instituto Faça Parte, o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), o Consed (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação) e a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).”

O que o Amigos da Escola se propõe a fazer?

· Mobilizar voluntários por meio de campanhas na TV e informar a população (pelo site e pelo telefone) sobre as escolas que estão interessadas em receber voluntários;

· Divulgar boas experiências nos espaços jornalísticos da Rede Globo;

· Promover Dias Temáticos nacionais que possam ser aproveitados pela escola para dinamizar suas atividades e projetos;

· Contribuir com subsídios para a direção da escola, fornecendo informações e recursos para que a própria escola desenvolva suas competências para o melhor aproveitamento e organização das atividades.

Assista aos vídeos da campanha:

E a sua escola quer participar e não sabe como? Pois vou lhe dizer como fazer:

Cadastre sua escola no Amigos da Escola, pois além de receber periodicamente materiais de apoio à organização e realização de atividades de voluntariado, informações sobre iniciativas de sucesso em todo o país e publicações temáticas, a instituição irá constar da relação de escolas interessadas em contar com voluntários externos, que pode ser consultada pela população neste site.

Veja AQUI as orientações e não perca tempo, assim você poderá participar do próximo Dia Temático.

Confira as escolas dos núcleos regionais dos Amigos da Escola que fizeram deste dia um grande sucesso:

Acre

Escola Serafam da Silva Salgado.

Amazonas

Escola Professora Roxana Pereira Bonessi

Pará

Escola Municipal Santa Rita

Rondônia

Escola Municipal Rio Madeira

Tocantins

Escola Estadual Deusa Moraes

Escola Estadual Trajano Coelho Neto

Escola Estadual Paulina Câmara

Colégio Estadual J.A. de Assis

Escola Estadual Octacílio M. Rios

Escola Estadual João Dias Sobrinho

Escola Estadual Raimundo Alencar Leão

Escola Estadual 1º de Junho

Escola Olavo Bilac

Escola Estadual Alair Sena Conceição

Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida

Colégio Estadual José Seabra Lemos

Alagoas

Escola Estadual Benício Dantas

Ceará

Escola Municipal Creusa do Carmo Rocha

Paraíba

Escola Municipal Professora Antonia do Socorro Silva Machado

Pernambuco

Escola Estadual Jandira de Andrade Lima

Piauí

Escola Municipal Elias Martins de Melo

Sergipe

Escola Municipal Florentino Menezes

Goiás

Escola Estadual Arlindo Costa

Colégio Estadual Macob Rodrigues Galvão

Escola Estadual Inácio Pinheiro Paes Leme

Espírito Santo

Escola Estadual Álvares Castelo

Escola Municipal Anacleto Ramos

Escola Estadual Assisolina Assis Andrade

Minas Gerais

Escola Estadual Padre João Botelho

Escola Estadual Francisco Letro

Escola Estadual Dona Alexandra Pedreiro

Rio de Janeiro

CIEP Brizolão Charles Dickens

CIEP Hans Christian Andersen

Escola Municipal Albino Antônio de Barros

Creche Municipal Tia Auta

CIEP Rubens Gomes

Escola Municipal Alice Tibiriçá

Escola Municipal Pedro Américo

Escola Municipal Jayme de Souza Martins

São Paulo

CEU Inácio Monteiro

Escola Municipal Padre Emílio Becker

Escola Municipal Professor Heros Alciati

Escola Municipal João Seber

Centro de Convivência Infantil Ignez Maira de Moraes Pettená

Rio Grande do Sul

Escola de Ensino Médio Ayrton Senna da Silva

Santa Catarina

Escola Estadual Hilda Teodoro Vieira

Comentários (0) 04/23/2010

“Somos o que fazemos” Educação - O filme #Oscar

Tags: , ,

“Somos o que fazemos. Se nunca fizéssemos nada, não seríamos ninguém” frase do filme Educação.

Viver é realmente uma grande aventura. Nunca sabemos o que está por vir. O que aconteceu com a inglesa Carey Mulligan é a prova disto que afirmei acima. Há dois anos ela se sentia muito triste pela falta de apoio de sua família em relação à sua escolha de ser atriz e, intercalado com seu trabalho de garçonete, fazia pontas na TV britânica na esperança de ser vista e convidada para atuar num filme.

Utopia? Talvez, mas como é importante acreditar no seu sonho. Pois ela, com apenas 24 anos, foi convidada para participar de um filme de época, uma produção independente com a direção da dinamarquesa Lone Scherfig. Pois é, estou falando do filme “Educação” que tem sua estréia marcada aqui no Brasil para esta sexta-feira, dia 19 de fevereiro, e que rendeu à sonhadora Carey Mulligan a indicação ao Oscar 2010 como melhor atriz.

O filme é baseado em fatos reais que foram contados no livro de memórias da escritora Lynn Barber e que aconteceram na década de 60 onde ela, que no filme se chama Jenny, se apaixona por um playboy que tem o dobro da sua idade e que provoca grandes rejeições, principalmente por parte da sua família.

Em entrevista ao GLOBO Carey disse que

“Tive muito medo de que o público odiasse o filme. Sabia que a culpa seria minha. Mas, enquanto estava filmando, eu me diverti muito. Quando filmei a cena com Emma Thompson em “Educação”, pensei que aquele seria o dia mais feliz da minha vida.”

Hoje, após o sucesso e sua indicação ao Oscar seus pais aceitam melhor a sua opção de ser atriz.

Fico triste sempre que fico sabendo de ações e reações como estas, pois não há nada mais importante do que o apoio da família nas escolhas, principalmente, dos filhos. Tomar um rumo na vida é tarefa difícil em razão do desconhecido e do inesperado. Tudo pode acontecer tanto de bom quanto de ruim. Por isso o apoio familiar é tão importante. Compartilhar somente as coisas boas é muito fácil e muito cômodo. O amparo dado pela família aos filhos quando estes tentam realizar seus sonhos é um divisor de águas e quando o resultado vem, seja ele qual for, o continuar ao lado faz toda a diferença.

Mas voltando ao assunto filme “Educação”, vamos assistir e depois comentamos aqui.  Tenho certeza que muito que acontece ali, me fará reviver situações semelhantes.

Ficha técnica:

  • título original:An Education
  • gênero:Drama
  • duração:01 hs 35 min
  • ano de lançamento:2009
  • site oficial:
  • estúdio:BBC Films / Endgame Entertainment / Finola Dwyer Productions / Wildgaze Films
  • distribuidora:Sony Pictures Classics
  • direção: Lone Scherfig
  • roteiro:Nick Hornby, baseado nas memórias de Lynn Barber
  • produção:Finola Dwyer e Amanda Posey
  • música:Paul Englishby
  • fotografia:John de Borman
  • direção de arte:Ben Smith
  • figurino:Odile Dicks-Mireaux
  • edição:Barney Pilling
  • efeitos especiais:Baseblack

Comentários (3) 02/18/2010

Educação também na avenida #carnaval

Tags: , ,

Educação também na avenida

Não sou Mancha Verde, mas quando o assunto é educação não me deixo envolver nem pelo time e nem pela escola, portanto não poderia deixar de falar que a escola de samba Mancha Verde de São Paulo que desfilou na noite de sexta para sábado no sambódromo do Anhembi trouxe como tema a Educação.

Ao som do Samba-enredo “Aos mestres com Carinho! Mancha Verde Ensina Como Criar Identidade!” os carros alegóricos homenagearam Paulo Freire, Confúcio e o filme “Ao Mestre com Carinho” um clássico da sétima arte.

A história contada na avenida começa pelas escolas da Grécia Antiga – Berço da Sabedoria colocando no carro abre-alas educadores ilustres como Sócrates e Platão e enfatizando que os jovens espartanos eram educados para a guerra.

Mostra o encontro dos portugueses com os índios e o contato com a cultura indígena.

Também abordou a Educação no século XXI e o ensino na era da informática e como o que o uso da tecnologia está modificando a educação. No carro tinha um menino usando um computador com uma tela de LEDs gigante e o casal de mestre-sala e porta-bandeira tinha “@” na fantasia.

A escola está completando 10 anos de existência e preparou um desfile especial como comemoração.

Independente de qual seja o resultado, já foi campeã entre os professores e estudantes.

Fonte:@Terra

Fonte:@Terra

Comentários (1) 02/13/2010

Quanto você investe na educação do seu filho? #educacao #financas

Tags: , ,

Esta é uma pergunta que todo pai se faz ao final de cada ano. Quanto foi investido na educação do filho?

Garanto que não é pouco, principalmente se a criança estuda em escola particular. Segundo o professor de Economia da Trevisan Escola de Negócios, Alcides Leite a família de classe média emprega 25% do seu orçamento familiar em escola.

Isto é ruim? Eu digo que não. Tudo que é investido em educação traz bons frutos. Tudo bem, eu sei que a educação deveria ser gratuita para todos, porém a realidade do nosso país não é esta.

Hoje, as escolas têm preocupação em desenvolver o aluno de forma integral, ou seja, além da cognição é importante que o aluno desenvolva a parte motora, a lateralidade e noção espacial, a socialização, o cumprir regras, enfim todas as competências e habilidades fundamentais para o seu desenvolvimento como um todo.

Para os pais, estas ofertas são muito importantes, pois devido a impossibilidade de ficar levando e buscando o filho no judô, inglês, balé, etc.. pois estão no trabalho, a escola oferecer estes cursos extracurriculares no próprio espaço escolar, torna tudo muito mais atraente e vantajoso.

É importante que o pai fique sempre atento ao valor que está sendo cobrado não permitindo que seja exorbitante, porém a comodidade de o filho já estar no ambiente onde estas atividades são desenvolvidas têm que ser computado.

É importante também que os pais não se deixem deslumbrar pelo excesso de ofertas de cursos extracurriculares, deixando a parte pedagógica em segundo plano. Há casos em que os pais só comentam que a escola oferece isso e aquilo enquanto que a parte pedagógica fica esquecida.

O objetivo principal da escola é a aprendizagem. A outra atividade vem complementar (são importantes também), porém não devem sobrepor o desenvolvimento cognitivo.

Este investimento na educação feito pelos pais é o diferencial que o filho precisa para se destacar, principalmente, na sua vida profissional.

O “estudar” acompanha o jovem de hoje por um período muito maior do que o das gerações passadas. Segundo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)

“os dados mostram ainda que quanto a maior a faixa etária do jovem, maior a taxa de analfabetismo. Entre os jovens de 15 a 17 anos, 1,7% são analfabetos – em 1998, o índice era de 8,2%. Entre os de 18 a 24 anos, 2,4% são analfabetos – eram, em 1998, 8,8%.”

Esta realidade impulsiona o jovem, motivado pela independência financeira, a tentar ingressar no mercado de trabalho cada vez mais cedo, porém as oportunidades ainda são restritivas, pois a exigência de “experiência” ainda é um fator predominante nas empresas. A partir dos 16 anos o jovem pode ingressar “como estagiário” ou trainee onde participará de treinamentos e avaliações que contribuirão para o desenvolvimento de suas competências.

Há grandes chances de, após o tempo acordado, vir a ser efetivado. Isto vai depender do desempenho e comprometimento apresentado durante todo o período em que esteve na empresa.

Este é um dos caminhos para ingressar no tão competitivo e exigente mercado de trabalho.

Enquanto o jovem não consegue arranjar um emprego, ele continua estudando e consumindo os 25% do orçamento familiar.

Comentários (0) 02/04/2010

Geração “Y”. Você é?

Tags: , ,

Hoje cedo lendo a reportagem da Somos Bio que fala sobre Geração Y na voltagem dos negócios fui verificar os quesitos que identificam uma geração como sendo “Y” e me senti um pouco “Y” embora não pertença à faixa etária ali denominada.

Para estar incluído na geração “Y” você tem que ter nascido entre 1978 e 1990. Tem que ser jovem, dinâmico, antenado, inquieto e impaciente. Tem que jogar videogame, ser usuário da internet.

Muito bem! Se você se enquadra neste perfil, então seja bem-vindo à geração “Y”. A esta geração pertence a maioria dos blogs e eles são encontrados em praticamente todas as Redes Sociais e este convívio faz deles pessoas antenadas, bem informadas, atualizadas, formadoras de opinião, seguras e com poder de ação.

A geração Y não tem medo de arriscar e por isso inovam e buscam novos rumos. Muitos não se submetem a seguir carreira em que tenha que ter horário de entrada e saída do emprego e que tenha que desempenhar somente o que lhe for pedido. A geração Y precisa criar, experimentar e por isso não pode se sentir presa.

Este comportamento já os qualificou como folgados, insubordinados, que não levam nada a sério, mas a realidade é muito diferente. Estes jovens procuram fazer aquilo que lhes dá sentido e que acrescente algo à sua vida. Anderson Sant’Anna disse à Revista Galileu que

“Esses jovens estão aptos a desenvolver a autorrealização, algo que, até hoje, foi apenas um conceito”, afirma Anderson Sant’Anna. “Questionando o que é a realização pessoal e profissional e buscando agir de acordo com seus próprios interesses, os jovens estão levando a sociedade a um novo estágio, que será muito diferente do que conhecemos.”

Quem enxergar isso primeiro sairá na frente. Por isso é muito bom as empresas mudarem seu foco e propiciarem condições para acolher esta geração Y que, em razão de fazer somente aquilo que lhe é significativo, desempenhará muito bem o seu trabalho e propiciará resultados estimulantes para todos uma vez que sabem e preferem trabalhar em equipe e esperam resultados rápidos e desafios constantes.

A escola também precisa enxergar os alunos da geração Y e propor mudanças em sua didática. Como disse acima, eles só fazem aquilo que lhes é significativo, como então promover aprendizado com didática arcaica sem qualquer motivação?

Esta geração aprende o tempo todo usando todos os recursos que têm acesso. Nada de giz e cuspe. Vamos caminhar lado a lado onde a troca, o respeito e a aprendizagem são mútuos.

Embora eu tenha nascido na época da geração pós-guerra, tenha passado minha juventude entre os hippies pregando a “Paz e o Amor” e a opressão da Ditadura Militar, me adequei muito bem nesta geração Y onde a preocupação consigo mesmo, com o outro e com o Planeta também é uma constante dentre todas as outras que já mencionei acima.

E você? A que geração pertence?

Comentários (3) 01/11/2010

Portal EducaRede agora é global

Tags: , , ,

Falar sobre o portal EducaRede é como falar de um amigo ou de um companheiro de trabalho querido, ele está sempre por perto nos auxiliando e existe um elo de amor entre nós. Não há assunto que eu tenho que abordar que não dê uma passadinha no Portal para trocar uma ideia. Tive inclusive, a felicidade de participar pessoalmente de inúmeros eventos do EducaRede e conhecer as pessoas especiais que trabalham para fazer dele um dos maiores Portais de Educação. Ele é um projeto social que incentiva a criação de redes de conhecimento e aprendizagem online desenvolvido em oito países da Iberoamérica.

Agora o Educarede é global!

Pois é, ontem 26 de novembro de 2009 a Fundação Telefônica lançou na Espanha o Portal Global EducaRede abrindo novas fronteiras para a interação social e o uso das tecnologias em prol de uma educação mais eficaz.

O lançamento do Portal Global EducaRede foi realizado em Madri durante o V Congresso Internacional EducaRede, com isso a Fundação Telefônica começa a unificar seus portais nos oito países da Iberoamérica (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha México, Peru e Venezuela) criando uma única plataforma global.

Até o dia 15 de dezembro o internauta acessará o EducaRede usando a mesma URL que usou até hoje (http://www.educarede.org.br ) e poderá acessar o Portal Global clicando nos links lá existentes, porém a partir desta data o usuário entrará direto no Portal Global e ao ser identificado pelo seu IP será direcionado para o Portal do seu país, que no nosso caso, será o Portal em Português.

O Portal será bilíngüe (português e espanhol) estando, até março, todo o conteúdo e suas funções totalmente migradas.

Outra notícia muito boa é que a comunidade minha terra também passará a ter caráter global tendo o internauta brasileiro, a oportunidade de conhecer, além da realidade regional brasileira, a de outros países também. O inverso também será verdadeiro, ou seja, internautas de outros países também terão oportunidade de conhecer e desenvolver projetos brasileiros.

O portal EducaRede foi criado no Brasil há sete anos e conta hoje com cerca de 200 mil usuários cadastrados (pais, professores e alunos). O portal recebe em média 2,3 milhões de visitas/ano.

Parabéns ao EducaRede, aos professores, alunos e pais.

Este sucesso é de todos nós!

Comentários (1) 11/27/2009

Portal de Educação Ambiental da Tetra Pak

Tags: , , , ,

Na semana passada fiquei muito feliz porque fui convidada para participar da apresentação do conteúdo do Portal de Educação Ambiental da Tetra Pak que terá sua inauguração oficial no dia 28 de outubro (quarta-feira).

Eu e mais alguns blogueiros e educadores pudemos avaliar o quão bem feito e abrangente está o Portal. Será uma ferramenta de primeira linha para escolas, alunos e professores que encontrarão material para trabalhar e se conscientizar sobre a preservação do meio ambiente.

A escola tem papel fundamental na formação do cidadão e por isso mesmo deve estar sempre revendo seus conceitos e procurando caminhar em sintonia, principalmente, com a Natureza.

Quais os benefícios da coleta seletiva e reciclagem, quais materiais podem ser reciclados, as características e curiosidades de cada material, além de muitas dicas de atividades, oficinas e jogos. Estes são alguns assuntos encontrados no novo portal de Educação Ambiental da Tetra Pak.”

Tive oportunidade de navegar por todo o Portal e constatei a sua abrangência disponibilizada de forma didática. O aluno poderá navegar livremente tendo acesso aos mais diferentes recursos como vídeos, material impresso, notícias, fotos e até jogos.

Todo o conteúdo é ilustrado e sua linguagem é de fácil entendimento e bem envolvente tornando a leitura muito agradável.

O professor também tem espaço personalizado onde poderá encontrar dicas de como abordar este, que é um assunto de fundamental importância, inclusive para o futuro do nosso Planeta.

Encontrará também Projetos com conteúdos atrativos para aplicar com os alunos onde poderão pesquisar, investigar, levantar hipóteses, colher dados, comparar causas e efeitos e registrar formando opinião sobre tudo que vivenciaram.

É através do conhecimento é que se pode despertar ações sustentáveis cotidianas como selecionar e encaminhar o lixo para locais apropriados, economizar água, usar papel com responsabilidade, propiciar material para reciclagem, encaminhar o óleo de cozinha usado para os centros de coleta, utilizar o papa-pilhas, enfim, estas e todas as outras ações que possam contribuir para uma vida saudável e sustentável.

O professor também terá oportunidade de partilhar seus resultados e compartilhar Projetos que desenvolver, pois o Portal disponibiliza espaço para isso.

Tudo que se faz e dá certo deve ser compartilhado, principalmente quando o assunto é educação para a sustentabilidade.

“Ainda na área de inovação tecnológica, a Tetra Pak desenvolveu, no início de 2008, um buscador para fomentar a reciclagem de resíduos. O Rota da Reciclagem, conta com a tecnologia do Google Maps para apontar a localização e o contato de cooperativas, pontos de entrega voluntária de materiais recicláveis e comércios ligados à cadeia de reciclagem. O funcionamento é simples: basta digitar o endereço e o buscador encontra os locais mais próximos onde é possível entregar as embalagens da Tetra Pak para reciclagem. www.rotadareciclagem.com.br” .

E agora quero falar do maravilhoso filme Quixote Reciclado que juntou, a literatura e seus heróis e a realidade e seus vilões, mostrando uma verdade que muitos não querem enxergar.

Vocês terão oportunidade de assistir tão logo o Portal entre no ar.

Eu já assisti três vezes. Achei espetacular! Um filme muito bem produzido, inteligente, com conteúdo excepcional e que consegue passar a mensagem de forma decisiva.

No dia 28 de outubro eu passo o endereço para que vocês possam conhecer este que será o companheiro diário do professor, do aluno e de todos aqueles que se comprometem a mudar seus hábitos em prol de uma vida melhor e mais saudável.

Aguardem o Portal de Educação Ambiental da Tetra Pak

Tetra pak “Protege o que é bom”.

Comentários (3) 10/26/2009