Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 472

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 487

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 494

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-settings.php on line 530

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/cache.php on line 103

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/query.php on line 21

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/belinha/public_html/falandosobre/wp-includes/theme.php on line 623
Cybele Meyer :: Falando Sobre... Archives: 2010 June

Como é a sua família?

Tags: , ,

Sempre que falamos em família pensamos num pai, numa mãe e nos filhos. Este é o desenho registrado da família através dos tempos. Porém, hoje esta concepção também está mudando e não podemos deixar de enxergar esta mudança como uma boa alternativa.

Hoje vemos muitas famílias que optaram por não terem filhos e assim mulher e homem vivem sob o mesmo teto priorizando o trabalho e a carreira. Normalmente têm uma convivência harmoniosa e se por ventura começam a entrar em choque, optam por cada um continuar seguindo o seu caminho, porém com endereços diferentes.

Há também as famílias que foram desfeitas e a mãe vive numa casa com os filhos e o pai desfruta da companhia deles nos finais de semana no outro endereço. Muitas vezes tanto o pai quanto a mãe trazem para junto dos filhos o novo parceiro ou parceira que passa a integrar a família. Na maioria das vezes todos convivem harmoniosamente, diferente de quando marido e mulher habitavam o mesmo teto.

Encontramos também famílias que têm duas mães bem como família composta de dois pais. Isto ocorre quando casais do mesmo sexo formam um casal e optam por adotar crianças que viviam nos abrigos por terem sido abandonadas por seus pais.

O modelo tradicional de família e estes novos modelos acabam por proporcionar uma convivência entre seus integrantes muito mais harmoniosa e muito mais verdadeira uma vez que ninguém fica ao lado de ninguém por obrigação. Viver junto por obrigação ou porque está preocupada com o que o vizinho irá pensar são os grandes pontos responsáveis pelo abalo da estrutura familiar.

Antigamente, os casamentos eram formados por acordos entre os pais, e a mulher tinha que se conformar com a escolha se limitando a servir ao marido e cuidar dos filhos. Depois foi concedido à mulher o direito de escolha do companheiro, porém a pressão da família e o medo de que a filha perdesse a virgindade antes do casamento inibiam qualquer possibilidade de “conhecer” o futuro marido. Muitas vezes, após o casamento, a mulher percebia que este homem não era do jeito que sonhara e passava o resto da vida infeliz.

Hoje, tanto o homem quanto a mulher pode optar por casar com quem escolher e continuar ou não casado para todo o sempre, bem como pode optar por ter filhos ou não, por adotá-los ou não.

Esta liberdade de escolha faz com que a convivência em família seja real e harmônica. Ninguém está preocupado com o que o vizinho irá pensar. Assim que se entra em casa e fecha-se a porta cada um dá o seu melhor para que a família que escolheu formar seja uma família feliz.

E você? Conte-nos como é a sua família?

Comentários (2) 06/28/2010

Nas férias de inverno opções para brincar em família

Tags: ,

As férias estão ai e mais uma vez os pais que não conseguiram coincidir suas férias no trabalho com as escolares estão preocupados em saber o que poderão fazer para tornar o descanso dos seus filhos mais atraente.

Primeiramente é muito bom enfatizar que mesmo os pais que continuam no trabalho podem, ao final do dia, promover entretenimento junto com seus filhos uma vez que estes não têm lição nem trabalho para realizar em casa logo não precisam ir dormir muito cedo e podem aproveitar ao máximo este contato descontraído com os pais. Tanto para os filhos quanto para os pais é muito importante o ficar livre por um tempo do estresse dos horários, do leva e traz, da cobrança dos deveres e outras atividades.

Mesmo que durante o dia não se proporcione muitas atividades e vocês podem verificar algumas sugestões no post que fiz sobre Férias escolares e crianças sem atividades ao final do dia podem promover brincadeiras em família como:

· STOP: Para quem nunca brincou segue uma rápida explicação.

Monte uma tabelinha contendo os itens que você vai preencher a cada letra sorteada:

Sugestão: COR – FLOR – FRUTA – NOME – CIDADE – ANIMAL - TOTAL

Uma pessoa sorteia uma letra e todos têm que preencher a tabelinha até o fim. Quem acabar primeiro grita STOP!
Quem acerta sozinho marca 10 pontos, que escreve a mesma palavra que outro jogador ganha 5 pontos. Vence fizer mais pontos!

· MIMICA – você prepara uma porção de opções e separa por tema.

Sugestão de Tema: ANIMAL – macaco, gato, pato, sapo, cachorro, leão etc..

O participante sorteia um papel, diz qual é o tema e faz a mímica. Quem acertar ganha ponto. Vence quem ou o grupo que tiver mais pontos.

· CAIXA SURPRESA – A cada vez um dos participantes escreve em um papel uma tarefa engraçada a ser cumprida e guarda dentro de uma caixa de fósforos. Sorteia-se um número e a caixa vai passando até chegar no integrante que corresponde ao número sorteado. Este abre a caixa e executa a tarefa que ali está determinada.

· ESCRAVOS DE JÓ – todos sentam em círculos e cada um segura uma caixa de fósforos e ao cantar a cantiga todos têm que passar a caixa de fósforos para o companheiro da sua direita se assim ficou combinado. Este é um excelente exercício de atenção e de coordenação motora.

Outras brincadeiras podem ser acessadas no post Resgatando brincadeiras o qual você pode escolher cada dia uma para brincar com seus filhos. Estes momentos de descontração e interação entre pais e filhos são fundamentais para estreitar o relacionamento afetivo e proporcionar um clima super agradável em casa.

Experimente e depois nos conte o resultado.

Comentários (6) 06/23/2010

Em julho teremos Ti Ti Ti

Mal posso esperar para acompanhar novamente a disputa entre Jacques Leclair e Victor Valentim só que desta vez representados por Alexandre Borges e Murilo Benício.

Sabe que na primeira vez que passou esta novela estes personagens fizeram tanto sucesso que é difícil acreditar que eles não existem realmente. Falando deles agora me dá a sensação de que eles sempre existiram. Esta é a magia dos grandes autores. Nem preciso falar do quanto sou fá de Maria Adelaide Amaral e saber que ela vai trabalhar com a direção de núcleo de Jorge Fernando nem precisa dizer mais nada.

A novela vai ao ar em julho, mas trago em primeira mão este vídeo super engraçado que mostra um “tiquinho” do que nos espera na novela

Comentários (8) 06/15/2010

Moralidade e limpeza = parceria perfeita!

Tags: , ,

Será mesmo que um ambiente cheiroso dá ênfase à moralidade das pessoas?

Assim dizem os Pesquisadores da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, que fizeram uma experiência com grupos de diferentes empresas o qual eram divididos em dois ambientes onde um tinha um aroma perfumado e o outro não tinha qualquer perfume.

Nas diferentes situações propostas os dois grupos eram submetidos a situações semelhantes o qual receberam quantias iguais de dinheiro e tinham que fazer doações, divisões incluindo a si próprio como beneficiado.

Nas salas onde havia perfume as pessoas foram mais generosas em todas as situações, diferente das pessoas da sala sem qualquer perfume.

Este artigo me levou a refletir e analisar as pessoas que conheço e que conheci ao longo da minha vida e cheguei à conclusão de que todas as pessoas que são “fanáticas” por limpeza têm a característica da generosidade, da ética, da honestidade muito afloradas. Pode ser realmente que o perfume alimente a moral destas pessoas.

Aquela pessoa que gosta de tudo no seu devido lugar, tudo arrumadinho, cheirosinho, limpinho é aquela que paga suas contas no vencimento, divide o barzinho quando sai com os amigos, nunca pede dinheiro emprestado e estende a mão sempre que alguém necessita.

Concordo plenamente com esta pesquisa.

E você? Tem alguma opinião a respeito?

Comentários (2) 06/14/2010

SPFW também na Revista dos Blogs

Tags:

Comentários (6) 06/11/2010

Quanto mais gente mais quente #agasalhe

Tags:

Não há situação mais doída do que passar frio. Nestes dias e noites tão geladas não há como dormir tranquila sabendo que há muita gente passando frio por falta de agasalho. Sabe aquele casaco ou aquele cobertor que faz muito tempo que você não usa? Sim, aquele que você nem se lembrava mais! Pois então, que tal doar para aquelas pessoas que não tem como amenizar o frio! Gostou da ideia! Pois então se engaje na Campanha do Agasalho 2010 que é uma iniciativa do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo que tem como parceiros todas as Secretarias de Estado, empresários e a sociedade civil.

“A Presidente do FUSSESP, Deuzeni Goldman, com o apoio dos diversos segmentos da sociedade planeja estratégias, estabelece locais de arrecadação e coordena ações para ajudar milhares de famílias carentes a enfrentar o inverno com mais segurança, dignidade e calor humano.

As doações são encaminhadas às entidades assistenciais cadastradas, hospitais, albergues da Capital e de todos os Municípios do Estado de São Paulo.

Para outras informações ligue (11) 2588-5738 ou pelo fax (11) 2588-5999.”

Se você ficou empolgada com esta ideia e quer cooperar veja os locais de arrecadação.

Você também pode participar de várias maneiras:

Código do selo

<a href=”http://www.campanhadoagasalho.sp.gov.br” title=”Campanha do Agasalho - Quanto mais gente, mais quente.” target=”_blank”><img src=”http://www.campanhadoagasalho.sp.gov.br/conteudo/banner200×80.gif” width=”200″ height=”80″ border=”0″ title=”Aqui, quem tira a camisa e joga para a torcida não faz falta, é GOL.” /></a>

Para ver outras opções de tamanho do selo clique AQUI

AQUI, QUEM TIRA A CAMISA E JOGA PARA A TORCIDA NÃO FAZ FALTA, É GOOOOOOOOOLLL!

Comentários (3) 06/10/2010

100 anos de Pagú

Tags:

Hoje se comemora 100 anos do nascimento de Patrícia Galvão também conhecida como Pagu. Como cresci, me formei, casei e tive meus três filhos em Santos sempre tive uma sintonia muito grande com a personalidade que Pagu foi e representou na sociedade Santista. No Dia Internacional da Mulher fiz uma homenagem à Pagu e a outras mulheres que rendo minhas homenagens.

Mulher de muitos lados agitou a vida cultural santista. Pagu foi musa da 3ª geração do Modernismo brasileiro, foi política militante, jornalista, romancista, desenhista e poetisa. Todas estas Pagus eram inovadoras e transgressoras e deixaram como legado que fazer aquilo que se acredita faz tudo valer a pena.

Hoje acontece em São Paulo a abertura oficial das comemorações ao centenário de Pagu na Casa das Rosas na av Paulista, 37 com a leitura dramática de cartas inéditas trocadas entre Pagu e figuras importantes da sua época, por Miriam Freeland. Em seguida Lúcia Maria Teixeira Furlani falará sobre sua trajetória política e cultural.

Em 1º de julho acontecerá no mesmo local (Casa das Rosas) a exposição “Viva Pagu – Fotobiografia de Patrícia Galvão”, de Lúcia Maria Teixeira Furlani e Geraldo Galvão Ferraz

Além destes eventos todos os outros em homenagem aos 100anos de Pagu podem ser conferidos na Agenda do site oficial em comemoração. Lá você também poderá ler suas publicações como jornalista em diferentes jornais, poderá ver muitas fotos, suas obras e muito mais.

Em 2004 uma catadora de lixo reciclável de nome Selma Morgana Sarti (42 anos) sai às 4 horas da manhã na zona Oeste de São Paulo, como de costume, e ao selecionar o lixo percebe a riqueza histórica que tinha nas mãos. “Eram publicações antigas, fotos e documentos originais da escritora, jornalista e militante política Patrícia Galvão, a Pagu, e do jornalista e crítico Geraldo Ferraz, seu último companheiro. Doado por Selma, o material atualmente faz parte do acervo do Arquivo Edgard Leuenroth, da Unicamp.”

Comentários (3) 06/09/2010